a fotógrafa colombiana joana toro

A fotógrafa colombiana Joana Toro que tive o prazer de conhecer na Bolívia participando de um curso com o fotógrafo estadunidense Stephen Ferry ano passado tem realizado um trabalho instigador sobre as minas de diamantes existentes naquele país. Joana que trabalha na revista Cambio, na Colômbia tem um tino de busca pela imagem necessária absurdamente disciplinado. Lembro-me bem dela que na Bolívia foi atrás de informações sobre os problemas da poluição da Laguna que afetava a população ribeirinha do lugar, na periferia de Santa Cruz de la Sierra trazendo um material coeso, com cores estonteantes. Vejam algumas das fotos deste tema atual que Joana tem aplicado suas forças – as minas de diamantes do seu país que sabidamente causam tanta polêmica. Isso me faz lembrar o filme “Diamante de Sangue“, do diretor Edward Zwick e com fotografia do português Eduardo Serra que serve para acrescentar repertório sobre o assunto.

Anúncios
Esse post foi publicado em bolívia, colômbia, filme diamante de sangue, joana toro, minas de diamantes, revista cambio, santa cruz de la sierra. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s