mais maré… gary knight aqui!

O fotógrafo inglês Gary Night, participa hoje de um encontro na Escola de Fotógrafos Populares Imagens do Povo, no Observatório de Favelas, na Maré. Ele fará uma mostra e conversará com os alunos sobre seu trabalho. Sua vinda ao Brasil se dá por causa do esforço da fotógrafa Marizilda Cruppe em promover um encontro entre fotógrafos do jornal O Globo e Gary, uma experiência sempre enriquecedora para quem recebe o olhar estrangeiro no seu país e no local de trabalho, onde muitas vezes é criada uma rotina que necessita de um arejamento de idéias e opiniões novas de fora.
Gary Knight tem 43 anos e trabalha como fotojornalista desde a década de 1980. Já documentou crimes de guerra e crimes contra a humanidade na Iugoslávia, a ocupação da Caxemira, a guerra de Kosovo, os refugiados na Albânia e em Ruanda, conflitos no Afeganistão, na República Democrática do Congo, nos territórios palestinos ocupados, no Iraque e em Darfur, além de cobrir o Tsunami na Ásia. Ele é fotógrafo da revista Newsweek, participa também do projeto “Crimes of War”, com o objetivo de informar as pessoas sobre as leis de guerra e desde 2001, é um dos fundadores da VII Photo Agency. Também desenvolve programas educacionais voltados para a fotografia e o jornalismo em diversos países em parceria com universidades e ongs e é curador do Indochina Memorial Foundation e fundador do Angkor Photo Festival.

Anúncios
Esse post foi publicado em angkor photo festival, crimes of war, favela da maré, gary knight, indochina memorial foundation, jornal o globo. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s